15.5.11

REVIRAVOLTA PÕE DRAGÕES NOS “QUARTOS” DA TAÇA

O FC Porto Império Bonança está apurado para os quartos-de-final da Taça de Portugal, depois de vencer este domingo a Académica de Espinho, por 8-5, no Dragão Caixa. Reinaldo Ventura, com cinco golos (todos na segunda parte), foi o “herói” da partida. O encontro esteve longe de ser fácil para os azuis e brancos, que estiveram a perder por 4-1.

Na primeira parte, o FC Porto assumiu o controlo das operações, com a Académica de Espinho a apostar no contra-ataque. A partir dos 10 minutos, intensificou-se a pressão portista e adivinhava-se o primeiro golo. O tento acabou mesmo por surgir aos 19 minutos, por Pedro Moreira, assistido por Emanuel Garcia, num lance de contra-ataque. No entanto, em dois minutos, os espinhenses deram a volta à partida, por intermédio de Vítor Hugo e Fred.

O jogo já não estava fácil, mas viria a ficar ainda mais complicado no início do segundo tempo. A Académica de Espinho (actualmente no 10.º lugar do campeonato nacional) ampliou para 4-1, por intermédio de Vítor Hugo e Fred. A partir daí, a formação portista redobrou esforços e conseguiu 10 minutos diabólicos, em que marcou quatro tentos, passando para a frente do marcador.

Reinaldo Ventura abriu a sua conta pessoal aos 29 minutos, na conversão de um penalti. Dois minutos depois, Pedro Gil, com um remate colocadíssimo, reduziu para 4-3 e o 4-4 surgiu novamente do stick de Reinaldo Ventura, na conclusão de um contra-ataque fulminante, aos 32 minutos. Três minutos depois, Pedro Gil concretizou a reviravolta, com classe, picando a bola por cima do guarda-redes contrário.

Porém, a emoção e a incerteza no resultado não terminaram, já que João Pinto voltou a empatar, aos 38 minutos, contra a corrente da partida. Quando os forasteiros já começavam a pensar no prolongamento, Reinaldo Ventura fez o 6-5, na conversão de uma grande penalidade. O avançado ainda teve tempo para apontar mais dois tentos até ao apito final. Nos quartos-de-final, a 11 de Junho, o FC Porto Império Bonança desloca-se ao terreno do Santa Cita, da terceira divisão. 

Na sala de imprensa, o técnico Franklim Pais analisou o encontro e falou já da participação portista na final oito da Liga Europeia: “Foi um jogo emotivo, em que cometemos muitos erros e fomos obrigados a virar o resultado, o que não é fácil perante uma boa equipa como a Académica de Espinho. Não podemos cometer estes erros na próxima quinta-feira, frente ao Barcelona”.

FICHA DE JOGO

FC Porto Império Bonança-Académica de Espinho, 8-5

Taça de Portugal, oitavos-de-final
15 de Maio de 2011
Pavilhão Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 797 espectadores
(...)
Ao intervalo: 1-2
Marcadores: Pedro Moreira (19m), Vítor Hugo (20m e 27m), Fred (21m e 29m), Reinaldo Ventura (29m, g.p., 32m, 48m, g.p., 48m e 50m), Pedro Gil (31m e 35m) e João Pinto (38m)

 

FCPORTO.pt

 

 

link do postPor 100% Dragão, às 23:19 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9



30


subscrever feeds
blogs SAPO