7.4.12

 

 

SC Braga 0-1 FC PORTO 

 

Sem Fernando lesionado, Defour foi titular como esperado, a novidade foi a troca do janko pelo kleber. 

 

O jogo foi no geral muito equilibrado, as duas equipas não arriscavam com medo de sofre o golo. Rapidamente se percebeu que quem marcasse primeiro teria grande hipóteses de ganhar. Na primeira parte só o Porto foi perigoso, sempre com Hulk como protagonista, ofereceu duas boas hipóteses a Lucho que rematou de fora da área mas que permitiu as defesas do GR do Braga. Mas a melhor oportunidade foi de Hulk com um grande remate num ângulo fechado, mas Quim fez uma enorme defesa. 

 

Na segunda parte, Vítor Pereira tirou o invisível Kléber e meteu o Varela, Hulk passou a jogar no centro do ataque. A primeira equipa a criar perigo foi o Braga com a sua grande oportunidade no jogo inteiro, Hugo Viana falhou na cara do Helton. pouco tempo depois James recupera a bola e assiste Hulk que não falhou e fez o golo decisivo. Com a vantagem o Porto geriu o jogo, o Braga não consegui criar perigo até ao fim do jogo. 

 

Destaques Positivos: Hulk - O Melhor em campo. Ofensivamente leva a equipa as costas, foi decisivo. Dupla de Centrais - Otamendi e Maicon estiveram muito seguros, será certamente esta a dupla de centrais até ao fim do ano. 

 

Destaques Negativos: Kléber - Invisível, não consegue entrar no jogo. Álvaro Pereira - Jogo horrível, perdeu muitas bolas, foi muito bem substituído e ficou aziado, não dou importância a isso. Já passou. 

 

Conclusão: Foi um jogo equilibrado onde Hulk fez a diferença. Depois da vantagem gerimos bem o jogo. Vitória muito importante para a conquista do titulo, mas nada está resolvido. Ainda faltam 4 finais. Unidos venceremos! 

 

link do postPor 100% Dragão, às 22:47  Comentar

De Vila Pouca a 8 de Abril de 2012 às 11:14
Vitória justa e indiscutível do F.C.Porto, que se apresentou na "Pedreira" com o espírito certo, a lição muito bem estudada - Mossóro e Hugo Viana, por exemplo, não "jogaram"- e a mostrar que queria ganhar. Se mantivermos este carácter, se todos quiserem, se não houver comportamentos de primas-donas, o Bicampeonato pode ser uma realidade.
Uma palavra para Defour, que fez esquecer Fernando e a mostrar que jogando mais vezes, ganhando confiança, pode ser um bom substituto do Polvo.
Outra para Alex Sandro, também cumpriu, que não merecia aquela atitude do Palito que também o atingiu.

Com esta vitória e o Braga a 5 pontos, a Champions está quase, mas como para o F.C.Porto o segundo lugar, é o primeiro dos últimos, estamos no rumo correcto para o grande objectivo da época, a conquista do título. Fizemos a nossa obrigação, ao fazê-lo colocamos a pressão do lado de lá e agora vamos assistir, de palanque, ao Sporting/Benfica.

Abraço

Estádio do Dragão
Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12

16
21

23
24
26

30


blogs SAPO