12.2.12

 

 

FC PORTO 4-0 União de Leiria 

 

O 11 inicial parecia obvio, mas com o Vítor Pereira o obvio é relativo. James ficou de fora e entrou o Varela. Talvez para treinar essa possibilidade para o estádio da luz, já que o Varela equilibra melhor a equipa defensivamente. 

 

Uma primeira parte muito lenta. Tudo feito a um ritmo muito, muito... lento, o que não tem sido novidade está época. O Leiria que é fraquinho estacionou o seu autocarro, e somente Hulk é que conseguia desequilibrar, ofereceu 2 golos ao Janko que estava no sitio certo mas falhou. 

 

Na segunda parte o Porto jogou melhor, Shaffer teve uma entrada duríssima e foi justamente expulso. Mas o momento do jogo foi mesmo a entrada do James. Começou por oferecer um golo ao Janko, que só teve que empurrar a bola para o fundo da baliza, depois James marcou o seu golo, mais uma bela jogada do Hulk. O terceiro golo foi do Álvaro Pereira numa bela finalização. Por fim, James mais uma vez, cruzou para a cabeça do Maicon que fechou o marcador. 

 

A expulsão foi justa e ainda ficou por marcar um penalti sobre o Hulk. O lampião Cajuda ficou aziado... temos pena. 

 

Conclusão: Um Porto demasiado lento, sem dinâmica. Não dá para entender porquê. A entrada do James desbloqueou o jogo. Mesmo a um ritmo baixo criámos várias oportunidades, acabamos lentamente por chegar a goleada. Vitória justa como é obvio. 

 

Destaques Positivos:

Hulk - Grande jogo, foi sempre ele a acelerar o jogo, construiu várias possibilidade de golo. Excelente regresso depois da sua lesão.

James - Entrou a meia hora do fim, e foi fundamental, 1 Golo e 2 assistências. Nem é necessário dizer mais nada. 

 

Destaques Negativos: 

Varela - Muito discreto. As coisas não lhe correram bem. 

 

 

link do postPor 100% Dragão, às 22:14 

De paulo a 13 de Fevereiro de 2012 às 10:02
Bom dia,

Ontem foi melhor o resultado que a exibição.

O Leiria entrou de autocarro em campo, e só um Porto em velocidade poderia romper a defensiva contrária, algo que não sucedeu, registando-se assim o nulo ao intervalo.

Na segunda parte, com a expulsão do jogador leiriense, com o desgaste da defensiva contrária, e com a imaginação e velocidade de James, acabamos por marcar 4 golos, e que poderiam ter sido mais, diante de uma União de Leiria muito frágil.

Vítor Pereira mexeu tardiamente na equipa. James face à estratégia do adversário bem poderia ter rendido Fernando logo na primeira parte, ou no onze inicial.
Precisamos de mais Porto para vencer e convencer.
Valeu a vitória que nos permite assegurar o segundo lugar e manter-nos na luta pelo primeiro.

Abraço e boa semana

Paulo

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
17

20
21
22
23

27
28
29


subscrever feeds
blogs SAPO