5.2.12

 

 
FC PORTO 2-0 Vitória de Setúbal 
 
Muitas alterações no 11 como esperado. Lucho e Janko entraram de inicio. 
 
Uma primeira parte conseguida. Lucho dá uma imaginação ao meio campo que no passado não existia, sempre com a classe que todos sabemos que tem. Danilo era outro jogador a dar muita dinâmica ao nosso jogo. Com um médio com capacidade ofensiva, um verdadeiro lateral direito e um Ponta de Lança fica tudo mais fácil. O momento do jogo foi protagonizado por Lucho Gonzalez, grande golo a marcar o seu regresso. Lindo! Ainda na primeira parte Fernando lesionou-se e o últimos 15 minutos foram maus. 
 
Na segunda parte o Porto continuou a dominar a a criar algumas oportunidades, Janko acabou por marcar na sua estreia, um golo de ponta de lança. James e Álvaro Pereira entraram no decorrer do jogo, Iturbe voltou a não jogar. Poderíamos e merecíamos ter feito mais golos. 
 
Destaques Positivos:
Lucho - Grande regresso, jogou e fez jogar toda a equipa e ainda marcou um Grande Golo.
Danilo - Mas que Grande Jogo, fez a ala direita toda, deu muita profundidade, muitíssimo ofensivo. Resta saber se em jogos mais competitivos se consegue cumprir defensivamente.
Janko - Marcou na sua estreia, na primeira parte esteve perto, na segunda podia ter feito mais num determinado lance. Joga sempre ao primeiro toque. Gostei. 
 
Destaques Negativos:
Varela - Hoje correu quase tudo mal. Muitas perdas de bola. 
 
Conclusão: Com muitas mexidas no 11, o Porto foi bem mais dinâmico que nos últimos jogos, Lucho e Danilo foram muito importantes para isso. Agora temos uma referência na área o que é fundamental. Um Porto que promete bom futebol para o futuro. Gostei! 
 
link do postPor 100% Dragão, às 20:26 

De Vila Pouca a 6 de Fevereiro de 2012 às 08:40
Preços reduzidos e factor Lucho, principalmente, levaram a que o Dragão tivesse uma boa moldura humana, 27.303 espectadores, apesar da noite fria e a ameaçar chuva. Muita gente nova - à minha volta era um mar de ilustres desconhecidos ...-, que aproveitou a oportunidade de ver o F.C.Porto ao vivo, gente que não deve ter dado por mal empregue o tempo perdido. Com oito novos jogadores em relação ao jogo de Barcelos, só mantiveram a titularidade, Maicon, Moutinho e Varela, o F.C.Porto apresentou-se em 4x2x1x3, com os reforços de Inverno, Danilo que já tinha jogado, mais Lucho e Janko, a que se juntaram os menos utilizados, Bracali, Alex Sandro, Mangala e para completar o onze, o regressado Fernando e o inconstante C.Rodríguez. Entrando a jogar muito bem e assentando o seu futebol num meio-campo em triângulo, com Fernando e Moutinho na base e Lucho no vértice mais adiantado, mas percorrendo toda a largura do campo, equipa portista teve momentos, em particular na primeira meia-hora, de muito boa qualidade.
Com um futebol tricotado, de pé para pé - Lucho e Moutinho parece que sempre jogaram juntos... -, o conjunto de Vítor Pereira, dominou, teve algumas bonitas jogadas e como corolário desse futebol que estava a agradar à plateia, chegou à justa vantagem num belo golo de El Comandante. Durante esse período, apesar de Varela e Rodríguez raramente conseguirem chegar à linha de fundo para cruzar, Janko, sempre que foi servido em condições razoáveis, mostrou serviço e só não marcou porque a bola, por duas vezes, caprichosamente, encontrou um corpo de um defesa setubalense quando ia para golo. Se a primeira meia-hora foi, repito, de boa qualidade, os últimos 15 minutos, nem tanto assim. Sem perder o controlo e sem nunca estar em perigo, salvo num lance de bola parada que Ney levou a bola a bater na parte superior da barra - mais um vez a defesa portista fica à espera, não ataca a bola e foi surpreendida. Vá lá, ao contrário de Barcelos, não deu golo -, a qualidade baixou, a equipa não foi tão consistente, desorganizou-se um bocado, também porque saiu Fernando e Defour que entrou, andou algum tempo a apalpar terreno.

A segunda-parte e os primeiros 15 minutos, foram muito semelhantes aos últimos 15 da primeira e portanto, nada a acrescentar. Mas com a entrada em simultâneo de Alvaro Pereira e James, para os lugares de Alex Sandro e Cebola, o F.C.Porto voltou a acelerar, a tomar conta do jogo, voltou o futebol bonito, belas jogadas, vistosas triangulações, marcamos um golo, por Janko - à ponta-de-lança - e merecíamos, pela qualidade, domínio e oportunidades, ter marcado mais um ou dois.

Resumindo, foi um belo Porto e embora o grau de dificuldade não tenha sido muito elevado, deu para ver que com Lucho a equipa cresce. Não perde tantas bolas, tem mais posse, ganha alguém que sabe aparecer para finalizar, maturidade, um líder dentro do campo. Esperemos que, definitivamente, o mau tempo não volte. Há muita qualidade neste plantel do F.C.Porto. Ainda iremos a tempo? Não sei, mas uma coisa é certa, temos de fazer a nossa obrigação, ganhar os jogos e no fim fazem-se as contas.

Dos novos, acho Mangala bem melhor que Otamendi e portanto, seria sempre o internacional francês a jogar, se fosse eu o treinador.
Alex Sandro ainda está hesitante, o que se compreende, em quem tem tido muitas lesões, mas vê-se que tem qualidade.
Janko, não é um primor de técnica, jogador para grandes pormenores, mas tem características de homem de área que Kléber ainda não tem. Tirando uma perdida, em que enrolou e por isso desperdiçou uma boa oportunidade, sempre que foi bem solicitado, principalmente em jogadas à linha, mostrou atributos interessantes. Marcou um golo e com mais uma pontinha de sorte, podia ter feito três. Quero ver mais.
Danilo, bem, Danilo nem preciso de ver mais para dizer que é craque. Passada larga, sempre para a frente, técnica, força, raça. Aquele lado direito é todo dele. Tendo do outro lado um Palito de igual profundidade, quando regressar Hulk que joga preferencialmente pelo lado direito e não é nada famoso a recuperar, como encontrar os equilíbrios? Bom desafio para o treinador do F.C.Porto. Custou 18 milhões, quem se atreve a dizer para não vai valer mais? Eu não!
Lucho... grande golo, sempre em movimento, bola sempre redondinha...

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
17

20
21
22
23

27
28
29


subscrever feeds
blogs SAPO