10.12.11

 

 
Beira Mar 1-2 FC PORTO

 

Com Defour lesionado Vítor Pereira colocou Belluschi no meio campo, mantendo o resto da equipa que jogou os últimos 3 jogos. 

 

Uma primeira parte totalmente dominada pelo Porto, o adversário (muito fraco) limitou-se a estacionar o autocarro e entregou o jogo ao Porto, que teve muita posse de bola mas fez muito poucas oportunidades. Percebe-se que o Vítor Pereira quer um ataque dinâmico com jogadores moveis na frente, mas o problema é que mais do que dinâmico temos um ataque muito confuso, cada um pega na bola e tenta inventar uma jogada. 

O Beira Mar sem ter minimamente justificado marcou um golo de bola parada, Maicon deixou-se antecipar e Helton ficou a meio da viagem. A resposta do Porto não tardou, Hulk deu a bola a James que com um excelente remate deu o empate ao Porto.

 

A segunda parte começou igual a primeira, o Porto tinha posse de bola mas sentia dificuldades para criar verdadeiras oportunidades de golo, até que depois de um passe do Palito, Hulk finalizou com um remate cruzado. Depois disso o Porto deixou de ter controlo da posse de bola, Vítor Pereira fez entrar o Souza para defender o resultado quando o Beira Mar ainda não tinha ultrapassada linha do meio campo... Inacreditável. 

No ultimo ataque do jogo não sofremos mo golo do empate por milagre, com o isento comentador da Sporttv a gritar golo. 

 

Nota também para mais uma roubalheira protagonizada pelo Xistra. Este arbitro não pode apitar mais o Porto, temos que fazer alguma coisa.

 

Enfim... Não percebo como é que vamos para um jogo em que o adversário vai defender a maior parte do jogo sem um Ponta de Lança. Não percebo como Vítor Pereira coloca o Hulk no meio. Simplesmente não dá para perceber. Tacticamente a equipa anda muito confusa, como já disse atrás, o Vítor Pereira quer um ataque dinâmico com jogadores moveis, mas muitas vezes fica um ataque desorganizado e confuso, ninguém sabe o que verdadeiramente tem que fazer e onde se devem colocar. A entrada do Souza, é daquelas típicas substituições feitas em casa, isto é, estava previsto se estivéssemos em vantagem o Souza iria entrar... naquele momento o jogo estava completamente controlado, parecia obvio mais golos do Porto mas o Vítor Pereira acho que tínhamos de reforçar o meio campo, a equipa recuou e perdemos o controlo do jogo. O que vale é que o adversário é muito fraco, este Beira Mar não joga nadinha. 

 

Conclusão: A vitória é justíssima o Porto dominou quase o jogo todo, foi o único que tentou ganhar, mas em condições normais hoje teríamos goleado, este Beira Mar não joga nada. 

 

Nota final para os ENORMES adeptos Portistas que foram ver o jogo (a chuva) em Aveiro... Grande Apoio. Obrigado Super Dragaões. 

  

 

 

 

link do postPor 100% Dragão, às 20:40 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
15
17

19
20
22
24

25
26
29
31


subscrever feeds
blogs SAPO