19.11.11

 

 
Nem vou falar muito do jogo... foi o Porto normal do Vítor Pereira, má escolha do 11 inicial, tudo lento, sem dinâmica, sem meio campo ofensivo, substituições lamentáveis etc etc etc... enfim, o normal. 
 
Já toda a gente percebeu que isto não vai lá assim. 
 
A SAD está a espera do quê???
 
Não tenho mais nada a dizer neste momento. 
 
PORTO SEMPRE! 
 
 
 
PS: Basquetebol: FC PORTO 87-64 Terceira Basket 
link do postPor 100% Dragão, às 22:33 

De carlos silva a 20 de Novembro de 2011 às 11:59
Ora bem, bom dia, caros companheiros de paixão azul e branca:
Nos momentos difíceis é que se vê quem é quem.
Há os que nos momentos difíceis choram, há os que gritam, há os que ficam agressivos e têm que descarregar em cima de alguém, há os que perdem a cabeça e entram em desespero, há os que precisam de reagir logo e não se dominam, fazendo e dizendo o que os impulsos ditam...
O meu entendimento é o seguinte:
Disputar a alta competição ( como "disputar" a vida ) é como entrar num longo combate de boxe.
Não há campeões que não saibam encaixar um valente murro nas ventas!
Faz parte da coisa e é inevitável: ás vezes apanha-se mesmo.
No futebol de alta competição é exatamente essa a primeira regra: Há ganhar, empatar e perder e quem pensa que pode andar na alta competição e ganhar sempre, ou é um tolinho ou não percebe nada da coisa. (Nunca nos podemos esquecer dessa regra básica!). Veja-se o grande manchester - com um orçamento 10 vezes superior ao nosso-que ainda há pouco levou 5, (!) veja-se o bayern e o real madrid galáctico, ainda há pouco andaram pelos 3ºs lugares, etc, etc.
O que distingue os campeões dos outros não é nunca encaixarem um mau resultado !!!
As diferenças que existem dos campeões para "os outros" ( os vulgares, os banais ) é que quando perdem, logo se levantam para voltarem à luta revigorados e mais fortes por terem aprendido algo com a derrota!
Como o conseguem? Tem a capacacidade de usar as derrotas para se tornarem mais fortes, porque:
1- Não se deixam desanimar, pois vêm a derrota como uma oportunidade para aprender, corrigir o que é necessário e tornar-se mais fortes;
2- Com coragem e frontalidade sabem identificar os seus erros e fraquezas;
3- CORRIGEM os seus erros, rapidamente e com um mínimo de estragos.
(Atenção: Eu escrevi "com um mínimo de estragos", pois para resolver um problema não podemos escolher uma "solução" que nos venha trazer dois ou três problemas maiores do que o que tinhamos inicialmente, se não não é uma verdadeira solução!)
Agora pergunta-se: Saberá e será capaz o nosso grande clube - e as suas estruturas dirigentes - de cumprir os pontos 1, 2 e sobretudo 3 ?
Eu quero querer que sim, mas... nos próximos dias teremos a resposta .
O que é importante é que a massa adepta tenha a sabedoria para perceber que neste combate permanente em que vivemos, uma derrota não é o abismo ou o fim do mundo e pode até marcar o início de algo melhor.
Sobretudo não nos podemos comportar como os tristes adeptos dos nossos rivais que ás primeiras contrariedades insultam treinadores e dirigentes.
SOMOS PORTO, SOMOS DIFERENTES, SOMOS MELHORES e vamos voltar a VENCER!
Um abraço a todos os dragões

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
17
18

20
21
24
25

27
29


subscrever feeds
blogs SAPO