6.2.14

 

 

FC PORTO 2-1 Estoril 

 

Algumas novidades no 11. Começa pelo Fabiano na baliza, Reyes teve uma oportunidade, Herrera regressou ao 11 e no ataque Licá também foi opção. 

 

A primeira parte foi péssima. A equipa não jogou rigorosamente nada. Foi de forma lógica que o Estoril muito bem organizado chegou ao golo. A passividade do nosso meio campo e a inexperiência do Reyes ajudaram. Mas perto do intervalo depois de uma bela jogada entre o Herrera e o Jackson, num ressalto Quaresma fez o golo do empate. 

 

O problema continua a ser o meio campo, não funciona. sem o Fernando é ainda pior. Não faz sentido jogar com o duplo pivô. A equipa recua demasiado, não pressiona e o Herrera tem que jogar solto, não pode ficar bloqueado tacticamente ao duplo pivô. 

 

Na 2ª parte a equipa melhorou bastante. Depois dos primeiros 15 minutos pressionamos o Estoril que em momentos do jogo se limitou a defender dentro da sua área. Cheirava a golo e ele apareceu perto do fim. Alex Sandro cruzou e Ghilas fez o golo da vitória, primeiro golo do Argelino com a camisola do Porto. 

 

Conclusão: Péssima 1ª parte. 2ª parte positiva. Agora vamos jogar as meias finais contra o Benfica em duas mãos. Isto se ninguém se lembrar de nos eliminar na secretaria. 

 

 

Por ultimo... 

 

link do postPor 100% Dragão, às 18:15 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Fevereiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
18
19
20
22

23
25
26
27


subscrever feeds
blogs SAPO