2.10.13

 

 

FC Porto 1-2 Atlético de Madrid 

 

Começamos muito bem o jogo, alta pressão, não deixamos os Espanhóis respirar. Foram 30 minutos de grande intensidade. Depois de uma bola parada batida pelo Josué o Porto confirmou o domínio com um golo, Jackson de cabeça facturou. Depois disso o Porto baixou o ritmo, normal, não dava para aguentar o jogo todo daquela maneira. 

 

A segunda parte é que não correu nada bem. Entramos desconcentrados, o Atlético entrou bem mais agressivos e pressionantes e o Porto perdeu o controlo do jogo. De bola parada o Atlético chegou ao empate, Otamendi falha na marcação e Helton sai muito mal. O Porto sentiu o golo e o jogo entrou numa fase em que ninguém queria perder. O resultado lógico seria o empate mas voltamos a errar, e a este nível não isso não perdoa. Depois de mais uma bola parada a defesa estava totalmente a dormir e os Espanhóis fizeram o 2º golo. Também ficou por marcar um fora de jogo. 

 

Fernando voltou aos grandes jogos. Foi o melhor em campo. 

 

Fizemos talvez os melhores 45 minutos da época mas estragamos tudo na segunda parte, demasiados desconcentrados e com pouca ambição. Mas o principal problema foram as duas ofertas que fizemos. Assim é difícil. 

 

Paulo Fonseca tem que mudar algo, tem que procurar dentro do plantel outras soluções. Quintero deveria ser titular, Herrera, Izmaylov, Ghilas até o Ricardo têm que ter mais minutos. Josué que até jogou bem ontem não é extremo e não faz sentido jogar nessa posição. O Meio campo continua a não funcionar, algo tem que mudar. 

link do postPor 100% Dragão, às 16:27 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Estádio do Dragão
Outubro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
24
25

27
29
30
31


subscrever feeds
blogs SAPO