6.2.14

 

 

FC PORTO 2-1 Estoril 

 

Algumas novidades no 11. Começa pelo Fabiano na baliza, Reyes teve uma oportunidade, Herrera regressou ao 11 e no ataque Licá também foi opção. 

 

A primeira parte foi péssima. A equipa não jogou rigorosamente nada. Foi de forma lógica que o Estoril muito bem organizado chegou ao golo. A passividade do nosso meio campo e a inexperiência do Reyes ajudaram. Mas perto do intervalo depois de uma bela jogada entre o Herrera e o Jackson, num ressalto Quaresma fez o golo do empate. 

 

O problema continua a ser o meio campo, não funciona. sem o Fernando é ainda pior. Não faz sentido jogar com o duplo pivô. A equipa recua demasiado, não pressiona e o Herrera tem que jogar solto, não pode ficar bloqueado tacticamente ao duplo pivô. 

 

Na 2ª parte a equipa melhorou bastante. Depois dos primeiros 15 minutos pressionamos o Estoril que em momentos do jogo se limitou a defender dentro da sua área. Cheirava a golo e ele apareceu perto do fim. Alex Sandro cruzou e Ghilas fez o golo da vitória, primeiro golo do Argelino com a camisola do Porto. 

 

Conclusão: Péssima 1ª parte. 2ª parte positiva. Agora vamos jogar as meias finais contra o Benfica em duas mãos. Isto se ninguém se lembrar de nos eliminar na secretaria. 

 

 

Por ultimo... 

 

link do postPor 100% Dragão, às 18:15  Comentar

Desde 22/04/2011
FC PORTO 2012
Supertaça
Bi-Campeões
Este é o Nosso Destino
A vencer desde 1893
Taça dos Campeões Europeus 1987
Taça Intercontinental
1987
Supertaça Europeia
1988
Taça UEFA
2003
Liga dos Campeões
2004
Taça Intercontinental
2004
Liga Europa
2011
Estádio do Dragão
Modalidades
Andebol - Tetra Campeões
Hóquei em Patins
Basquetebol
Origem da Visita
free counters
Fevereiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
18
19
20
22

23
25
26
27


Contador
blogs SAPO