30.4.11

REINALDO DESATOU «NÓ» DO JUVENTUDE DE VIANA

Cinco golos de Reinaldo Ventura permitiram ao FC Porto Império Bonança «dar a volta» à organizada formação do Juventude de Viana e vencer por 7-4, num encontro em que os Dragões até chegaram ao intervalo em desvantagem. Os azuis e brancos foram mais determinados e têm agora pela frente quatro «finais» para garantir o «deca».

Os Dragões entraram bem na partida, que poderiam ter resolvido nos instantes iniciais, em que dispuseram de várias oportunidades de golo. No entanto, contra a corrente do jogo, aos 12 minutos, Luís Filipe abriu o marcador. Reinaldo Ventura restabeleceu a igualdade logo no minuto seguinte, mas seriam os forasteiros a chegar ao descanso em vantagem, graças a um livre directo convertido por João Vieira. 

O FC Porto enfrentava um adversário esforçado, mas não apresentava menos empenho num encontro em que a vitória era decisiva na luta pelo título nacional. Logo aos dois minutos da segunda parte, Reinaldo Ventura fez o 2-2, na recarga a um penalti, mas o Juventude de Viana recolocou-se na frente no lance seguinte, por intermédio de Luís Filipe.

Começava a criar-se alguma tensão no Dragão Caixa, mas as mangas estavam arregaçadas e a superioridade portista viria ao de cima. Emanuel Garcia fez o 3-3 (dando sequência a um excelente passe de Pedro Moreira) e, no mesmo minuto 30, uma «bomba» de Reinaldo Ventura colocou finalmente a equipa da casa em vantagem.

A partir daí, os azuis e brancos não mais perderam as rédeas do encontro, actuando com inteligência e gerindo a vantagem. Depois de duas bolas nos ferros e um penalti não assinalado, Gonçalo Suíssas resolveu o encontro, com o 5-3, aos 43 minutos. No entanto, Reinaldo Ventura (que até saiu lesionado do ringue) ainda teve tempo para juntar mais dois golos à sua conta pessoal.

No final, o técnico Franklim Pais analisou o encontro: «Foi um belíssimo jogo. Na primeira parte não concretizámos as oportunidades que tivemos e o Viana foi mais feliz, chegando ao intervalo em vantagem. Na segunda parte, competia-nos ir atrás do prejuízo. Houve grande mérito dos jogadores, alguns deles limitados fisicamente. O Reinaldo Ventura saiu com uma lesão, o Filipe Santos tem uma lesão na coxa e não treinou durante a semana. Faltam quatro ‘finais’ para nos sagrarmos campeões e vamos procurar vencê-las».

FICHA DE JOGO

FC Porto Império Bonança-Juventude de Viana, 7-4
Campeonato nacional, 26.ª jornada
30 de Abril de 2011
Pavilhão Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 880 espectadores

Ao intervalo: 1-2
Marcadores: Luís Filipe (12m, 28m e 47m), Reinaldo Ventura (13m, 27m, 30m, 44m e 48m), João Vieira (22m), Emanuel Garcia (30m) e Gonçalo Suíssas (43m)
Disciplina: cartão azul para Pedro Moreira (22m)

 

FCPORTO.pt 

 

Mais uma importante vitória para a conquista do DECA campeonato, jogo complicado com é normal tendo em conta o valor da equipa adversária, grande destaque para o Ventura que fez 5 golos. 

 

 

link do postPor 100% Dragão, às 18:03  Ver Comentários (3) Comentar

29.4.11

 

 

 

 Primeiro jogo a contar para a meia final do Campeonato. Vitória bastante complicada, chegamos a ter durante o 3º período, 11 pontos de desvantagens, mas com o coração que esta equipa sempre demonstra conseguimos dar a volta. Apesar de sermos muito superiores, este jogo serve de aviso para o resto desta eliminatória, o Porto está demasiado dependente dos lançamentos de três pontos. A Falta de um verdadeiro base não permite a está equipa demonstrar o que verdadeiramente vale, mas o que é certo é que até agora tem chegado para vencer a maioria dos jogos. O Sean Ogirri não fez pontos e o João Santos continua lesionado, isso explica um pouco a falta de triplos. Ganhar o primeiro jogo é sempre fundamental e por isso toda a equipa está de parabéns. Destaque para as grandes exibições do Carlos Andrade e do Stempin que foram os dois MVP do jogo.

 

   

 

 

MVP:

Gregory Stempin - 19 Pontos, 14 Ressaltos e 7 Assistências 

Carlos Andrade - 25 Pontos, 12 Ressaltos e 4 Assistências 

 

 

 

Próximo jogo no Domingo dia 1 de Maio, jogo será disputado no Dragão Caixa. 

link do postPor 100% Dragão, às 23:37  Ver Comentários (1) Comentar

28.4.11

 

 

 

 

 

Começam a faltar palavras para descrever esta equipa.

 

 

Na primeira parte sentimos dificuldades, os Espanhóis mais recuados no terreno jogavam em ataque rápidos aproveitando a velocidade dos seus dois avançados. Não conseguíamos dominar o jogo e não criávamos oportunidades de golo, o Álvaro Pereira atacou muito e deixava muitos espaços nas costas e perdemos a luta do meio campo.

 

A Segunda parte foi totalmente diferente. Villas-Boas demonstrou uma vez mais a suas qualidades de grande treinador que é. O Villarreal não conseguiu fazer nada, ou melhor, o Porto não deixou, domínio total do jogo e foi com naturalidade que os golos chegaram. Eu que confio e acredito muito nesta equipa, agora não me passava pela cabeça marcar 5 golos… Verdadeiramente incrível.

 

 

Quando vi o Porto a fazer o golo do empate e a seguir… 2, 3, 4 foi impossível não me lembrar do que aconteceu em 2003, quando ganhamos 4-1 a Lazio depois também de estar a perder, mas esta equipa ainda fez mais um golinho.

 

É normal sonhar com a vitória na Liga Europa, já que somos claramente superiores aos outros, mas é importante não entrar em euforias, não esquecer que ainda falta uma segunda mão para jogar, e só depois pensar em Dublin, com diz o outro… com tranquilidade.

 

 

FC PORTO:

 

Helton - No pior momento da equipa resolveu alguns problemas, nada podia fazer no golo deles.

 

Sapunaru – Sentiu algumas dificuldades mas cumpriu defensivamente.

 

Otamendi – Na primeira parte tentou ajudar o Álvaro que suba muito, sentiu também algumas dificuldades, fez “cortes” fundamentais durante todo o jogo.

 

Rolando – Foi competente no trabalho efectuado, fez um corte fundamental a evitar o golo do Rossi. O melhor elemento da defesa. 

 

A. Pereira – Na primeira parte a maioria dos ataques foram deles, mas com isso deu muitos espaços nas suas costas e o Villarreal aproveitou, Na segunda corrigiu um pouco.

 

Fernando – Levou um amarelo muito cedo e isso trouxe-lhe alguma intranquilidade, tinha sempre muitos adversários a sua volta, teve muito trabalho.   

 

Moutinho – Como sempre em alta rotação, pressionou, recuperou muitas bolas…enfim, como sempre o faz.

 

Guarín – Uma primeira parte algo discreta, na segunda é ele que faz o passe que isola Falcao que deu o penalty, fez o golo numa jogada de insistência, demonstrando frieza na hora de finalizar, fez a assistência para o 4º golo e ainda ofereceu um outro golo mas Falcao escorregou.

 

Hulk – Na primeira parte percebeu que a equipa sentia dificuldades e tentou resolver sozinho, perdendo algumas bolas, mas era ele o elemento mais perigos, na segunda ofereceu o 3º golo ao Falcao.

 

Rodriguez - Sempre muito lutador acabou por não ser muito feliz neste jogo.

 

 

Melhor em Campo:

 


Falcao – O que dizer de um jogador que marca 4 golos? Não há palavras. Apenas dizer Obrigado!

 

 

 

Destaque final para os adeptos, grande ambiente! 

 

 

 

 

 

 

 

Obrigado Porto!!!

 

link do postPor 100% Dragão, às 23:29  Ver Comentários (2) Comentar

27.4.11

 

 

Grande vitória rumo ao Tri Campeonato.

Começamos muito bem, rapidamente conseguimos 5 golos de vantagem, depois foi gerir jogo, e com um Laurentino absolutamente fantástico o jogo tornou-se até fácil. 

 

 

MVP: Hugo Laurentino - 61% de eficácia, mereceu as muitas palmas que recebeu do público. Jogo Impressionante! 

 

 

Classificação: 

 

 

Proximo Jogo: Domingo dia 1 de Maio pelas 17h15 no Dragão Caixa frente ao Sporting.  

link do postPor 100% Dragão, às 22:21  Ver Comentários (3) Comentar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O FC Porto é, de novo, campeão nacional de Juniores A. Ainda com duas jornadas da fase final por disputar, a equipa Sub19 dos Dragões somou o 20.º título da categoria, ao vencer, esta quarta-feira, a Naval 1.º de Maio, na Figueira da Foz, por 3-0.

Os azuis e brancos, que dominaram toda a partida, chegaram ao intervalo a ganhar por 2-0, com Filipe Barros a apontar os dois golos, o segundo dos quais na transformação de uma grande penalidade, já depois de Edu ter rematado à trave da baliza da Naval.

O encontro, marcado por uma clara hegemonia portista, não sofreria alterações profundas na segunda parte, com os azuis e brancos a ditar o ritmo e a ampliar a vantagem por Edu.

Recuperado o título que escapava desde 2007, os azuis e brancos recebem, no domingo, no Estádio do Dragão, o Gondomar, naquele que será o jogo da consagração, antes da deslocação à Luz, na última jornada.

 

FCPORTO.pt 

 

Parabéns a todos os nosso jovens jogadores e a equipe tecnia por este Campeonato mais que merecido. 

 

 

 

 

 

link do postPor 100% Dragão, às 18:51  Ver Comentários (2) Comentar

26.4.11

 

Em semana de Liga Europa aqui fica um excelente video feito por Alakadanson

 

 

 

 

 

 

link do postPor 100% Dragão, às 20:59  Ver Comentários (4) Comentar

25.4.11

 

 

 

 

 

 

Certamente já todos os portistas perceberam que a politica de comunicação do FC Porto mudou bastante nestes últimos meses. A entrada do Sr. Francisco Marques para Director de INFORMAÇÃO do clube não será alheio a esse facto. No dia 28 de Fevereiro com um artigo denominado "A verdade. Só." assinado por ele, iniciou uma estratégia de comunicação mais ativa a defender o FC Porto. Seguiram-se depois disso uma serie de comunicados do clube:

 

 “Públicas virtudes, pecados privados” – Que demonstrou a diferença de tratamento dada da comunicação social entre o Porto e o Benfica.

 

“Bem prega Frei Tomás” – Depois da casa do Porto ter sido vandalizada, o Porto recordou Frei Tomás que ficou conhecido por ter bom conselhos mas que não os praticava.

 

“A lei à moda de Lisboa” – Denunciou a vontade dos dirigentes do Benfica em impedir a entrada no Estádio da Luz de todos os adereços alusivos ao nosso clube.

 

“A mascara caiu.” – Depois de ganho o campeonato, apagaram as luzes demonstrando o que eles eram.

 

“Os mentirosos” – Serviu para denunciar uma mentira feita pelos “paineleiros” que o Porto também tinha apagado as luzes do estádio do Dragão no passado.

 

“O observador e o apagão” – A nota “muito bom” a Duarte Gomes numa arbitragem vergonhosa.

 

"Esclarecimento" -  Depois de algumas noticias na CS de Lisboa o FC Porto esclareceu que nada devia ao Benfica.

 

 

Pois é… Muitos e bons comunicados a denunciar e a dizerem VERDADES!

 

 

Mas não foram só comunicados, talvez o ponto mais alto desta mudança, foi a conferência de imprensa feita para mostrar todos os casos do Benfica-Porto (jogo do titulo), onde o árbitro Duarte Gomes tinha recebido um “Muito Bom”. Foi Antero Henrique que serviu de “porta-voz”, até lá pouco ou nunca tinha falado a comunicação social. Aqui se percebe que não há a volta a dar, a politica de comunicação clube esta diferente… e ainda bem!

 

 

Mas não é tudo, os jogadores foram limitados na utilização das suas redes sócias, mas mais importante do que isso, foi a confirmação dada por Pinto da Costa que o FC Porto terá um canal de TV. Assim teremos então o meio perfeito para confirmar a mudança estratégica de uma forma ainda mais forte, pois neste país centralista em que vivemos, onde a CS tem uma só cor (vermelho) tínhamos que fazer alguma coisa… na defesa do nosso FC PORTO.  

 

link do postPor 100% Dragão, às 18:48  Ver Comentários (5) Comentar

23.4.11

 

 

 

 

Ainda eu não era nascido e o nosso Presidente já se chamava Jorge Nuno de Lima Pinto da Costa. Fez hoje 29 anos que o que o nosso Presidente chegou ao lugar de topo do nosso clube. A chegada dele a par com o mestre José Maria Pedroto mudou o figurino do futebol português, agora havia um clube no Norte do país que também queria ganhar e combater assim o centralismo existente, sem medo!

 

Foram muitas as vitórias com o nosso Presidente, a história o FC Porto têm 67 conquistas, 51 delas foram ganhos na era Pinto da Costa. Um sucesso que suscitou muita inveja, assim os ataques a sua pessoa são quase diárias, mas para nós Portistas, quanto mais o atacam mais gostamos dele. 

 

Passados 29 anos, Pinto da Costa construiu o nosso Porto numa força, não só nacional mas também Mundial, e as conquistas vão continuar, o próprio ja o disse - "Vou voltar a ganhar, cá dentro e lá fora".

 

Aos 73 anos esperamos que continue ainda muitos anos ao serviço do FC Porto, pois o nosso clube, tal como ele, não se cansa de ganhar.

 

 

 

 

Obrigado Sr. Presidente 

link do postPor 100% Dragão, às 23:56  Comentar

Desde 22/04/2011
FC PORTO 2012
Supertaça
Bi-Campeões
Este é o Nosso Destino
A vencer desde 1893
Taça dos Campeões Europeus 1987
Taça Intercontinental
1987
Supertaça Europeia
1988
Taça UEFA
2003
Liga dos Campeões
2004
Taça Intercontinental
2004
Liga Europa
2011
Estádio do Dragão
Modalidades
Andebol - Tetra Campeões
Hóquei em Patins
Basquetebol
Origem da Visita
free counters
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21

24


Contador
subscrever feeds
blogs SAPO