10.2.13

 

 

FC PORTO 1-1 Olhanense 

 

Depois da melhor exibição da época, Vítor Pereira escolheu como é obvio o mesmo 11. O empate do benfica minutos antes aumentava a expectativa para este jogo. 

 

Começamos muito mal o jogo, Alex Sandro perde-se em fintas e acaba por perder a bola, contra ataque e golo do Olhanense. Depois disso pedia-se um Porto forte mas não foi isso que aconteceu. Muitos passes falhados, os cruzamentos cada um pior que o outro, enfim... as coisas não corriam bem. 

 

Na segunda parte criamos muitas oportunidades de golo apesar da exibição continuar fraca. No minuto 55 Jackson Martinez fez o golo do empate, depois de uma confusão dentro da área. 10 minutos depois tivemos a nossa grande oportunidade para dar a volta ao marcador mas Jackson Martinez falhou o penalti. Mesmo jogando mais com o coração do que com a cabeça criamos algumas oportunidades mas Bracali (nosso jogador) fez uma grande exibição. 

 

João Moutinho foi dos poucos a sair do dragão com nota positiva. 

 

Hoje muitos dos nosso jogadores tiveram um jogo para esquecer. 

 

Conclusão: Jogamos mal e perdemos 2 pontos em casa contra uma equipa claramente inferior. Depois dos (excelentes) dois últimos jogos, este empate é extremamente frustrante. Individualmente vários jogadores estiveram muito mal. Desperdiçamos a liderança isolada, Enfim... Para a semana há mais. 

link do postPor 100% Dragão, às 23:04  Comentar

De Manuel Vila Pouca a 11 de Fevereiro de 2013 às 10:45
Pois é, o futebol, tem destas coisas...
Era uma jornada em que as apostas davam total favoritismo ao F.C.Porto: o Dragão ia ganhar, só faltava saber por quantos, tal era a qualidade de jogo que o bi-campeão apresentava. O Olhanense, coitado, só podia evitar ser triturado. Não foi assim. E depois do empate do Benfica frente ao Nacional, na Choupana, a perda de 2 pontos ainda custa mais a digerir.
É verdade que mesmo não jogando bem, longe disso, merecíamos a vitória.
É verdade que dominamos em todos os capítulos do jogo, criamos e desperdiçamos oportunidades suficientes - até um penálti! - para ganhar, não um, mas dois jogos, só que o futebol não se compadece com isso, o que conta é que fomos muito perdulários, empatamos e esbanjamos uma oportunidade de oiro de ficar isolados na classificação. Tudo porque faltou ao F.C.Porto na noite fria e chuvosa de ontem, principalmente na primeira -parte, capacidade para pressionar alto, a profundidade de outros jogos, a qualidade envolvente na posse, criatividade e inspiração para desmontar uma defesa que se bateu bem e contou com um guarda-redes, Bracali, curiosamente, emprestado pelo F.C.Porto, inspirado. É justo dizer que melhoramos bastante na etapa complementar, foi nos segundos 45 minutos que tivemos várias e flagrantes oportunidades de marcar, mas faltou gente, calma, clarividência e eficácia, na exibição, aquém das expectativas, da equipa portista. Se a tudo, juntarmos um golo muito cedo, 6 minutos, da equipa algarvia e da falta de opções que acrescentassem qualidade, está explicado um resultado que teve o efeito de um valente murro no estômago.

Abraço

Desde 22/04/2011
FC PORTO 2012
Supertaça
Bi-Campeões
Este é o Nosso Destino
A vencer desde 1893
Taça dos Campeões Europeus 1987
Taça Intercontinental
1987
Supertaça Europeia
1988
Taça UEFA
2003
Liga dos Campeões
2004
Taça Intercontinental
2004
Liga Europa
2011
Estádio do Dragão
Modalidades
Andebol - Tetra Campeões
Hóquei em Patins
Basquetebol
Origem da Visita
free counters
Fevereiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14

18
21
22

25
26
27
28


Contador
blogs SAPO