2.10.14

 

Shakhtar 2-2 FC PORTO

 

Lopetegui fez duas alterações, Jackson foi poupado e Marcano foi adaptado no meio campo no lugar do lesionado Casemiro. Com isto o meio campo estava melhor organizado, com as posições mais definidas. 

 

Entramos bem, alias jogamos bem na maioria do jogo. Tínhamos mais bola e controlávamos o jogo. O único problema eram os ataques rápidos dos Brasileiros, todos eles muitos rápidos e com muita técnica, com a defesa organizada não sentíamos problemas. Criamos algumas oportunidades mas com algumas falhas no momento da decisão não marcamos. O exemplo máximo foi o penalty falhado pelo Brahimi. 

 

A segunda parte  ia pelo mesmo caminho até que Oliver ofereceu o golo aos Ucranianos, perda de bola dentro da nossa grande área, a este nível é fatal. Em desvantagem fomos a procura do empate, o Shakhtar mudou a sua estratégia, basicamente estacionou o autocarro. Lopetegui teve mesmo que colocar Jackson Martinez e em boa hora o fez. Quintero também entrou e foi bastante importante.  O Porto estava instalado no meio campo deles mas não estava fácil marcar e do nada o Shakthar faz o 2ºgolo, mais uma oferta, agora foi Maicon a perder a bola junto da nossa grande área. Não pode ser. O jogo parecia perdido mas já perto do fim, em primeiro de penalty, Jackson marcou e logo de seguida depois de um cruzamento do Tello o Colombiano bisou e deu ao Porto um empate importantíssimo. 

 

No geral jogamos bem contra um adversário complicado. As duas ofertas mais o penalty falhado não são aceitáveis a este nível, mesmo assim fomos capazes de empatar. Um empate fora é sempre importante. Ganhar os jogos em casa deverá ser suficiente para passarmos aos 1/8. Estamos bem encaminhados. 

 

Destaques Positivos: Jackson Martinez - Entrou a meia hora dom fim e fez os 2 golos. Herrera - trabalhou muito, é verdade que por vezes comete erros estranhos mas neste jogo esteve quase sempre bem. Quintero - Entrou muito bem, o jogo estava bom para ele e foi muito importante. Marcano - Adaptado a trinco fez um excelente jogo. 

 

Destaques Negativos: Tello - Não jogou mal, longe disso, foi o nossos maior desequilibrador e até deu o 2º golo ao Jackson mas as suas muitas más decisões prejudicam muito a equipa. Tem que ganhar confiança e ter cama na hora de decisão, se assim for temos craques. Oliver - Também não fez um mau jogo mas ficou marcado pela fífia que deu o 1º golo a equipa da casa. Esta na idade de aprender com os erros, acontece. 

 

Apesar do sofrimento como eu já disse fizemos um bom  jogo. Gostei de ver um meio campo com um "6 a 6" um "8 a 8" e  um médio mais ofensivo. Assim cada um sabe o que tem que fazer. A dupla Casemiro/Ruben anda demasiado pelos mesmo caminhos. 

 

Próximo jogo é contra o Braga no Dragão, precisamos de uma vitória. Força Porto! 

link do postPor 100% Dragão, às 15:20  Ver Comentários (1) Comentar

27.9.14

 

 

Sporting 1-1 FC PORTO

 

Depois de dois empates era importante ganhar em Alvalade. Lopetegui surpreendeu mais uma vez na escolha do 11. Apostou num meio campo com Casemiro, Ruben e Herrera, o mesmo meio campo que não tinha funcionado em Guimarães. 

 

Entramos muito mal, logo aos 2º minuto de jogo sofremos um golo. Acusamos o golo sofrido e os primeiros 25 minutos foram da equipa da casa. Não conseguíamos sair a jogar com a bola controlada. Com o passar do tempo o jogo foi sendo equilibrado. Ao intervalo a desvantagem era justa e obvia tendo em conta o que tinha acontecido. 

 

A 2ª parte foi diferente, primeiro foi diferente porque Lopetegui mexeu no meio campo. Entrou o Oliver e saiu o Ruben. Quaresma desaparecido também deu lugar ao Tello. Com um meio campo melhor organizado fomos claramente superiores. Jackson isolado tinha tudo para empatar mas permitiu a defesa a Rui Patrício, não se podem falhar golos com estes. Mas poucos depois com uma boa jogada de desenvolvimento do nossa ataque, Danilo cruzou e o defesa adversário fez um auto-golo. O Sporting respondeu com uma bola no ferro e nós já perto do final tivemos uma excelente oportunidade para ganhar mas Tello em vez de passar a bola preferiu ser o herói mas a bola passou ao lado. 

 

No geral o empate é justo, a 1º parte foi deles a 2ª foi nossa. As oportunidades foram divididas pelas equipas. 

 

O que me incomoda é que mais uma vez oferecemos 45 minutos ao adversário, já tinha acontecido em Guimarães. E mais uma vez isto aconteceu com uma péssima escolha do trio de meio campo. Lopetegui tem que aprender com os erros... se não estamos tramados. Repetir erros é inaceitável a este nível. 

 

Sobre o arbitro... mais uma vez em caso de duvidas decidiu contra nós. Slimani podia ter sido expulso levou um amarelo e perto do fim Maurício corta a bola com a mão quando ela ia em direcção da baliza e o arbitro nada assinalou. Neste inicio de época tem sido assim, em caso de duvidas é contra nós. Do mesmo não se podem queixar a equipa de Carnide. 

 

A lesão do Casemiro vai fazer com que o Lopetegui acabe por colocar o meio campo correcto. É pena que seja necessário uma lesão para fazer algo de obvio para mim. Um 6 na posição 6 Ruben, um 8 na posição 8 Herrera e um médio mais ofensivo que pode ser o Oliver ou o Brahimi, os dois podem trocar de posição durante o jogo. Penso que o futuro do nosso meio campo passe por aqui. Seja como for espero que o Lopetegui encontre a melhor solução para o meio campo que tem sido o nosso maior problema neste inicio de época. 

 

Muito trabalho para o nosso treinado. Com calma e confiança vamos lá. Força Porto!!! 

 

link do postPor 100% Dragão, às 21:35  Ver Comentários (1) Comentar

22.9.14

 

 

FC PORTO 0-0 Boavista

 

O jogo começou mais tarde devido ao dilúvio que caiu na cidade do Porto como é visível na imagem. 

 

Lopetegui depois da goleada da ultima 4ª feira decidiu fazer rotação. Não só trocou vários jogadores como regressou ao clássico 4-3-3. A excelente exibição frente ao Bate parece que não foi do agrado do nosso treinador. Estranho, digo eu. 

 

As condições não eram as ideais mas o relvado do Dragão é óptimo e resistiu muito bem ao mau tempo. O jogo começou tranquilo, cedo se percebeu que o Boavista só vinha para defender, entramos demasiados tranquilos a pensar que o golo chegaria mais tarde ou mais cedo. Tivemos uma grande oportunidade quando Tello ia isolar Brahimi mas a bola ficou bloqueada numa zona que estava em pior condições. No minuto 25 da 1ª parte chegou o momento do jogo, Maicon tem uma entrada dura sobre o adversário, o arbitro puxou do cartão vermelho, aceita-se mas em 95% dos casos qualquer arbitro do campeonato português daria amarelo. Enfim... o jogo começava a ganhar um mau ar...

 

Entramos melhor na 2ª parte e criamos algumas oportunidades mas por exemplo Tello não estava inspirado na hora da finalização. O tempo passava e a ansiedade ia crescendo, fisicamente a jogar com  menos um durante quase todo o jogo começamos a acusar o cansaço. A equipa lutou mas faltou jeito para fazer o golo e o jogo acabou mesmo empatado. 

 

Empatar em casa contra o fraquíssimo Boavista é totalmente absurdo. Ainda por cima depois do jogão da Champions. Lopetegui tem que deixar de brincar ao FM e parar de rodar a equipa numa fase tão inicial da época. Em primeiro ganhar um 11 base forte, só depois começar com rotações.

 

Ó mister o futebol Português não é assim tão fácil e são neste tipos de jogos que se perdem os Campeonatos... Cuidado! 

 

Destaques Positivos: Marcano - Foi a estreia do central Espanhol e foi a única boa noticia da noite por parece ser muito bom jogador. Será titular em Alvalade. 

 

Destaques Negativos: Tello - teve várias hipóteses de fazer golos mas falhou sempre de forma grosseira, hoje não correu bem.

 

 

Conclusão: Foi mau demais... não podíamos perder pontos neste jogo. A expulsão não explica tudo. Fomos no geral incompetentes e Lopetegui com as suas opções não ajudou. Muito desiludido. Contra os chorões temos que ganhar. 

 

link do postPor 100% Dragão, às 02:17  Comentar

18.9.14

 

 

FC PORTO 6-0 Bate Borisov 

 

Para o primeiro jogo da Champions Lopetegui surpreendeu ao mudar o sistema táctico para um 4 2 3 1 ou mesmo 4 4 2. Com Adrian a jogar muito perto do Jackson. 

 

Começamos muito bem o jogo, o GR adversário ofereceu a bola ao Brahimi que mesmo num angulo difícil consegui abrir o marcador. O Porto dominava o jogo todo e mais golos vinham a caminho. O 2º vem novamente da magia de Brahimi, correu com a bola controlado o meio campo todo e finalizou com um remate colocado. Jackson que já tinha acertado no poste fez o 3º golo respondendo a um bom cruzamento do Danilo. Foi esse o resultado ao intervalo. 

 

Na 2ª parte o Porto procurou fazer mais golos, Brahimi completou um fantástico hat-trick para o seu primeiro jogo na competição, uma estreia de sonho, o golo foi uma fotocopia do golo de bola parada que já tinha marcado contar o Lille. As entradas do Tello e do Aboubakar veio dar frescura ao nosso ataque e mais jogadas de perigo para o adversário. Adrian que fez o seu melhor jogo ao serviço da nossa equipa fez o 5º golo, cheio de classe. Para fechar  Aboubakar fez o 6º e ultimo golo depois de uma bela jogada do Tello. 

 

Foi um jogão, como há muito não se via no dragão. É obvio que o adversário é mediano mas para estar na Champions é porque tem o seu valor. Com Adrian mais próximo de Jackson conseguimos colocar muitos jogadores nas zonas de finalização, muita dinâmica e muita pressão. Por vezes abrimos muitos espaços no meio porque tínhamos poucos homens. Veremos se Lopetegui vai continuar a apostar neste sistema táctico, depois do sucesso que foi neste jogo seria lógico que sim. 

 

Destaques Positivos: Brahimi - Já o escrevi... É um craque! Alem do talento natural que tem é um lutador. Tem tudo para ser uma estrela. Jackson Martinez - Mais um golo e ainda manou duas bolas no ferro. Esta num grande momento. Maicon - Um verdadeiro patrão. Intransponível, tal como o Jackson esta em grande forma. 

 

 

Conclusão: Foi um jogão que há muito não se via. Deixa agua na boca. queremos mais disto! 

 

PS: Por falta de tempo não fiz nenhum post do jogo Guimarães 1-1 Porto. Fomos superiores apesar de termos sentido dificuldades no meio campo que nunca funcionou mas o maior problemas foi mesmo a roubalheira. Já nos tiraram 2 pontos... esperemos que a brincadeira fique por aqui. 

 

link do postPor 100% Dragão, às 21:25  Comentar

2.9.14

 

 

FC PORTO 3-0 Moreirense

 

 

A primeira parte não correu bem ao Porto. Apesar do controlo do jogo e de muita posse de bola nunca conseguimos criar perigo para a baliza adversaria. Pouca dinâmica, pouca velocidade e muito poucas ideias. O Moreirense também teve mérito, muito nem organizado e a pressionar os nossos médios. O jogo chegou ao intervalo sem golos e sem verdadeiras oportunidades. 

 

A 2ª parte foi diferente o Porto entrou com mais agressividade. Depois de uma jogada do Brahimi que desta vez jogou no meio campo, Oliver apareceu no sitio certo para fazer o primeiro golo da partida. Depois do golo o jogo ficou bem mais fácil. As oportunidades eram várias e o acabamos por fazer mais 2 golos marcados pelo Jackson Martinez. Pelo meio Quintero falhou um penalty. 

 

O resultado é enganador, foi um jogo bem complicado para o Porto. 

 

Nota par a lesão do Oliver, irá parar algumas semanas. 

 

Destaques Positivos - Jackson Martinez: Fez um quase jogo perfeito, alem dos dois golos trabalhou muito e bem durante todo o jogo. Maicon: Não teve muito trabalho mas mais uma vez demonstrou ser o patrão da defesa 

 

Destaques Negativos - Casemiro: Nada lhe correu bem, não conseguiu entrar no jogo. 

 

Conclusão: Tivemos dificuldades na primeira parte. Na segunda melhoramos e acabamos por ter uma vitória folgada. Ainda temos muito trabalho pela frente. O fecho do mercado dará tranquilidade ao grupo. 

 

link do postPor 100% Dragão, às 15:31  Comentar

27.8.14

 

 

FC PORTO 2-0 Lille

 

Lopetegui repetiu o mesmo 11 de França. 

 

Dominamos completamente o jogo. Apesar de ser o Lille a ter que marcar foi sempre o Porto a a ter a iniciativa do jogo, os franceses continuaram com a sua estratégia de jogar em contra ataque. O Porto em vantagem não tinha que arriscar nada, tinha era de controlar o jogo e foi o que fez. Muitos fortes na pressão os franceses não tiveram hipóteses, alias não criaram qualquer oportunidade de golo. Apesar do domínio as oportunidade não era muitas ao intervalo o resultado continuava 0-0. 

 

Entramos bem na 2ª parte, Herrera ficou perto do golo que pouco depois acabou por chegar. Brahimi de livre fez um golão,  rematou ao angulo da baliza não dando hipóteses ao GR adversário. Depois do golo o jogo continuou a ser controlado pelo Porto e o 2º golo veio de forma lógica, forte pressão do Herrera, Evandro deu a bola a Brahimi que isolou Jackson Martinez que finalizou de pé esquerdo com um belo remate cruzado. Sinal para a lesão do Alex Sandro, não é nada de grave. 

 

Esta feito, estamos na Champions! Era o grande objectivo do inicio desta época e não era fácil. Com um treinador novo, com uma equipa quase toda nova, com muita juventude, esta pré-eliminatória era muito perigosa. O adversário tem o mesmo plantel e o memos treinador, começou mais cedo a época e é uma boa equipa. Mas fomos desde 1º minuto da eliminatória dominadores. 

 

Destaques Positivos: Brahimi - É um verdadeiro craque! Pode jogar na ala esquerda, direita, no meio... marca livres, e também ajuda na defesa. Tem tudo para ser o destaque esta época. Centrais: Indi, Maicon e também Reyes estiveram impecáveis. 

 

Destaques Negativos: Ruben Neves - esta claramente a acusar a fadiga. Não é fácil para um juvenil jogar a este ritmo jogos seguidos. A nossa pérola precisa de descanso. 

 

O estádio do Dragão mais uma vez esteve cheio, os portistas estão com esta equipa, pena o assobios sem nexo durante o jogo e no momento da ultima substituição. 

 

 

Com a Champions garantida e com o mercado quase a fechar, Lopetegui vai ter a condições ideais para fazer evoluir a equipa. Já estamos a um excelente nível mas o potencial de crescimento desta equipa faz sonhar... 

 

Sorteio na 5ª feira. O Porto está no pote1. 

 

PS: Não foi possível por falta de tempo fazer o tópico da vitória sobre o Paços. Jogo sofrido mas que o Porto venceu de forma justa. 

 

link do postPor 100% Dragão, às 15:31  Ver Comentários (1) Comentar

21.8.14

 

 

Lille 0-1 FC PORTO

 

Num jogo muito importante para o resto da época Lopetegui escolheu um 11 mais conservador. Entrou Casemiro para o lugar do Quaresma. Um meio campo reforçado com Oliver descaído numa das alas. 

 

A primeira parte foi controlada por nos, chegamos a ter 70% de posse de bola. O Lille que jogava em casa tinha a obrigação de fazer mais mas a sua estratégia passava por jogar recuado e aproveitar o contra ataque. O Porto apesar da sua juventude não caiu na armadilha dos Franceses e nunca se desposicionou. Faltava ao controlo do jogo conseguir criar oportunidades, faltava soluções ofensivas. Sinal para o penalty claro que ficou por marcar, Jackson quase ficou sem a sua camisola, o arbitro de baliza ficou a dormir. 

 

A segunda parte foi mais interessante, tivemos um ou outro momento menos bom mas no geral continuamos a controlar o jogo. Lopetegui para dar mais vida ao ataque tirou Brahimi e colocou Tello. Pouco depois Tello num belo cruzamento encontrou a cabeça de Jackson Martinez que obriga o GR adversário a uma grande defesa, na recarga Herrera no sitio certo finalizou. Um golo fundamental. 

 

O resultado é óptimo, permite encarar o jogo do Dragão com maior tranquilidade e vai obrigar o Lille a jogar de uma forma diferente. 

 

A exibição no geral foi boa, foi uma exibição colectiva não houve grandes destaques individuais. A defesa esteve bastante bem tirando um ou outro momento, a nossa dupla de centrais começa a dar segurança. 

 

Rúben Neves - Continua a fazer historia, é agora o português mais novo de sempre a jogar na Champions. Desta vez jogou mais a frente no meio campo e mais uma vez esteve muito bem. Tem uma maturidade incrível para um miúdo de 17 anos. Uma pérola que Lopetegui não teve medo de apostar. A primeira vitória do Espanhol. 

 

A vantagem é boa mas ainda nada está resolvido. Para já temos que pensar no jogo frente ao Paços e depois no Dragão (espero que cheio) temos que confirmar a importantíssimo passagem para a Champions. 

link do postPor 100% Dragão, às 18:28  Comentar

16.8.14

 

 

FC PORTO 2-0 Marítimo 

 

Para o primeiro jogo oficial da época Lopetegui fez alinhar o seguinte 11: Fabiano, Danilo, Maicon, Indi, Alex Sandro; Ruben Neves, Herrera, Oliver; Quaresma, Brahimi e Jackson. 

 

O Estádio do Dragão estava totalmente cheio. 

 

Foi um jogo totalmente dominado e controlado por nós. É verdade que não foi um jogão da nossa parte. Faltou criar mais oportunidades de golo tendo em conta o domínio que tivemos mas para primeiro jogo só posso estar satisfeito. O Marítimo foi sempre uma equipa recuada no terreno e muito bem organizada o que nos dificultou bastante. 

 

Começamos bem o jogo, a equipa entrou com vontade de entrar a marcar cedo e conseguimos. Depois de um canto a bola sobra para o miúdo Ruben Neves e com um excelente remate abriu o marcador e fez história no nosso clube... é o mais novo titular na Liga e o mais jovem marcador na historia do clube. Ainda na 1ª parte criamos mais algumas oportunidades mas o marcador não sofreu alterações. 

 

Na 2ª parte continuamos a dominar mas com menos qualidade no seu inicio. Para melhorar foi importante a entrada do Casemiro, entrou e a nosso equipa voltou a dominar totalmente o jogo. Faltava o segundo golo para dar tranquilidade a equipa a ao publico. Esse golo só apareceu no ultimo minuto depois de uma grande jogada do Tello que ofereceu o golo a Jackson Martinez.

 

Casemiro, Evandro e Tello entraram muito bem jogo, vai dar muito jeito a Lopetegui ter um banco tão forte como o que temos actualmente, nada a ver com o que acontecia no ano passado. 

 

Destaques Positivos: Rúben Neves - Foi titular e marcou, como já escrevi fez história no clube. Tem uma maturidade incrível olhando para a sua idade. Brahimi - Foi o melhor jogador em campo. Foi quase sempre ele a criar os maiores desequilíbrios, é um craque! Casemiro - A sua entrada deu o que a equipa precisava, será brevemente titular. 

 

Destaques Negativos: Herrera - Foi talvez a única exibição negativa, nunca conseguiu entrar no jogo. Foi substituído de forma lógica. 

 

Conclusão: Não foi um jogo de sonho, ainda há  muita coisa a melhorar. É também por isso que estou com muita expectativa para esta época, a equipa já esta a um bom nível mas tem potencial para crescer de forma brutal. Vamos ver se o Lopetegui consegue tirar tudo deste belo plantel. Para começar foi um belo jogo num estádio do Dragão cheio. 

 

link do postPor 100% Dragão, às 17:23  Comentar


Desde 22/04/2011
FC PORTO 2012
Supertaça
Bi-Campeões
Este é o Nosso Destino
A vencer desde 1893
Taça dos Campeões Europeus 1987
Taça Intercontinental
1987
Supertaça Europeia
1988
Taça UEFA
2003
Liga dos Campeões
2004
Taça Intercontinental
2004
Liga Europa
2011
Estádio do Dragão
Modalidades
Andebol - Tetra Campeões
Hóquei em Patins
Basquetebol
Origem da Visita
free counters
Outubro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Contador
subscrever feeds
blogs SAPO